23 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
19/06/23 às 14h28 - Atualizado em 13/11/23 às 16h49

Unidade Móvel do Hemocentro em Águas Claras

COMPARTILHAR

 

Ônibus do Hemocentro

 

 

Rejane Mota, da Ascom – Administração Regional de Águas Claras

A fim de incentivar a doação e estar cada vez mais perto dos doadores, o Hemocentro lançou, em fevereiro de 2023, a unidade móvel de coleta externa. A unidade estará em nossa cidade nesta quarta-feira (21), no estacionamento da Administração Regional de Águas Claras, das 09h00 às 16h00.

O primordial é que a pessoa esteja bem de saúde, ter entre 16 e 69 anos de idade e pesar acima de 51 kg. É necessário ficar atento a impedimentos, como tatuagens, piercings, ingestão de medicamentos e procedimentos médicos e odontológicos, como implantes dentários e endoscopia. Todas as restrições estão explicadas no site do Hemocentro.

No Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado no dia 14 de junho, a Fundação Hemocentro de Brasília chama atenção para os estoques baixos dos tipos sanguíneos O negativo, O positivo e B negativo.

Doar sangue é um gesto de amor. Cada doação de sangue pode ajudar a salvar até quatro vidas. Para garantir a qualidade das bolsas de sangue que serão destinadas a quem precisa, os candidatos à doação passam por um processo rigoroso de triagem clínica. Além das restrições de saúde, há outras relacionadas aos hábitos sociais que precisam ser levadas em consideração.

Cerca de 160 doações são feitas por dia, mas, para suprir a demanda da população do DF e atingir um nível seguro nos estoques, o ideal seria de 180 bolsas de sangue coletadas diariamente. Para atingir essa meta, o Hemocentro promove campanhas de conscientização ao longo do ano, em especial no Junho Vermelho, mês dedicado a debater o assunto e incentivar novos doadores.

O interessado em doar deve comparecer ao Hemocentro — ou a uma unidade móvel — para ser submetido à triagem clínica. Neste momento, alguns exames serão feitos para verificar o estado de saúde do candidato à doação.

“Durante a triagem, serão feitas perguntas sobre hábitos sociais e alimentares do doador. A triagem sorológica que nós temos é muito boa e tem uma alta sensibilidade, capaz de detectar doenças transmissíveis pelo sangue”, explicou o  diretor-presidente da Fundação Hemocentro de Brasília, Osnei Okumoto. “Isso faz com que a gente tenha mais segurança para que o paciente possa receber um sangue adequado”, defendeu.

Estando sem impedimentos, o candidato inicia a etapa da doação propriamente dita. O procedimento leva em média 15 minutos e são coletados entre 405 ml e 465 ml de sangue.

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes