21 de setembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
3/02/14 às 10h46 - Atualizado em 29/10/18 às 10h59

“A vida está acima da política”, diz Agnelo

COMPARTILHAR

BRASÍLIA (31/1/14) – A partir de hoje, a Polícia Militar manterá presença ostensiva nas ruas, inclusive com a participação maciça de oficiais. O compromisso foi anunciado pelo comandante-geral da Polícia Militar, Anderson Moura, após reunião entre o governador Agnelo Queiroz e o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, e comandantes dos batalhões da PM.

“Estaremos nas ruas com todos os nossos comandantes e praças para garantir paz e tranquilidade. Os oficiais apoiarão os policiais que estão trabalhando e fiscalizarão aqueles que mostrarem resistência”, disse o comandante-geral da PMDF, Anderson Moura.

“O oficial é um policial militar e está pronto para todas as situações: para atender ocorrências e fazer fiscalização e controle. Colocaremos todos os coronéis da PM para trabalhar na rua”, completou Moura.

Além de prorrogar o expediente para que o efetivo cumpra sua missão de oferecer segurança à população, o comando da PM afirmou que cinco militares, entre praças e oficiais, serão punidos com sanções que vão de advertência a demissão.

A PMDF instaurou procedimentos administrativos para avaliar a conduta ética e disciplinar dos policiais envolvidos na ação conhecida como operação “Tartaruga”. Os militares em questão fazem parte do grupo que influencia e incentiva, por motivações políticas, a morosidade no atendimento de ocorrências.

“Já identificamos quem tem outros interesses que não o atendimento do pleito da instituição, interesses eleitoreiros. Eles já estão respondendo a conselhos”, disse Moura.

(B.F./I.M*)

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros