28 de novembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
13/07/12 às 20h13 - Atualizado em 29/10/18 às 10h59

Comando de Missões Especiais (CME) vai a Águas Claras, Taguatinga e Vicente Pires

COMPARTILHAR

O Comando de Missões Especiais (CME) da Polícia Militar do Distrito Federal realizou na tarde de ontem (12) nas cidades satélites de Águas Claras, Taguatinga e Vicente Pires a Operação Comando Especial. O objetivo é intensificar o policiamento nas satélites e reduzir a criminalidade. A operação marcou o início de um processo mais amplo de integração das unidades especializadas com os batalhões de área e com a comunidade local.

De acordo com o Comando de Missões Especiais, Coronel Adilson Antônio Evangelista, essa é a primeira de uma série de operações do CME por todo o DF. O reforço no policiamento foi empregado com base em análise criminal e levantamento de informações pelo serviço de inteligência da corporação. Ainda de acordo com o Coronel Adilson todas as ações estão em conformidade com o programa “Ação pela Vida”, do Governo do Distrito Federal.

Durante a operação, policiais do BPRv prenderam dois homem na DF 251, Boca da Mata – via que liga Taguatinga à Samambaia, portando um revólver calibre 38 e R$ 11.876 em dinheiro. De acordo com os policiais os detidos não informaram a origem do dinheiro. Em Taguatinga Centro, policias do BPChoque apreenderam cerca de 890 dvds e deteram quatro homens que vendiam o material pirateado. Seis pessoas foram presas portando e consumindo drogas. Um homem foi autuado por violência doméstica (Lei Maria da Penha) e equipes de trânsito notificaram 75 condutores, uma moto e um veículo clonado foram apreendidos.

Policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão de Choque (BPChoque), Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães), Batalhão de Operações Aéreas (Bavop), Batalhão de Policiamento Ambiental (BPMA), Batalhão de Policiamento Escolar (BPEsc), Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), Batalhão de Policiamento Rodoviário (Regimento de Policiamento Montado (RPMon), juntamente com policiais do 2º e 17º Batalhões, responsáveis pela área participaram da operação. Ao todo foram empregados cerca de 330 policiais distribuídos em pontos de fiscalização e controle (blitzes), policiamento a pé nas áreas de maior circulação de pessoas, em viaturas, a cavalo e em helicóptero.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros