25 de julho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
17/03/15 às 14h36 - Atualizado em 29/10/18 às 10h59

Criançada em festa

COMPARTILHAR

220 kits de material escolar são entregues aos alunos do Caic

Centenas de estudantes do Centro de Atenção Integrada à Criança e ao Adolescente – Caic, do Areal, foram contemplados com centenas de mochilas com vários materiais escolares, durante evento realizado nesta segunda-feira (16) pela manhã, no 17º Batalhão da Polícia Militar de Águas Claras. A campanha, organizada por meio das redes sociais, foi realizada pela funcionária pública Raquel Reis Leitão.

Entidades como Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, Associação dos Advogados Criminalistas do Distrito Federal e Associação dos Servidores da Advocacia Geral da União – AGU também participaram da campanha. “Essas entidades foram as responsáveis pela maioria das doações. Isso demonstra a grandeza do coração de seus associados e membros”, ressaltou Raquel Reis, lotada na AGU.

A administradora regional da Grande Águas Claras, Patrícia Fleury, também fez doações à campanha e destacou a importância da ação ao beneficiar centenas de estudantes do Areal. “Quero parabenizar os organizadores da campanha e dizer aos alunos que este material escolar deve ser usado com muito carinho. O estudo é muito importante para o futuro de vocês”, recomendou.

O grupo de motociclistas femininas Amigas da Onça doou cerca de 80 kits. A doação foi feita com a sobra da arrecadação das motociclistas amigas da ex-piloto de motovelocidade, Vanessa Daia, falecida em um grave acidente no Autódromo de Brasília, em julho de 2013. Vanessa, conforme informou o grupo, sempre ajudou as pessoas mais carentes.

Os estudantes contemplados com o material escolar Maria Lourrane , 10 anos, e Isabela, 9 anos, ambas do quarto ano; e Mateus Costa, 10 anos, estudante do quinto ano, demonstravam muita alegria ao receberem o material. “Vou usar este material com muito orgulho. Quando crescer quero ser funcionaria pública”, declarou Lourrane. Para Isabela, que pretende ser engenheira civil, o material vai reforçar ainda mais o seu interesse pelos estudos. Já Mateus, contou que quer ser policial ou bombeiro.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros